Achei excelente. Nas aulas de história das duas graduações que iniciei, de Arquitetura e Urbanismo presencial e EaD de Design de Interiores, não se falava no “styling” e nos construtivistas. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *